Escolhendo seu calçado para a montanha - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Cuide de seus pés!

Escolhendo seu calçado para a montanha


Categoria: Equipamentos

Escalar uma alta montanha não é apenas esforço físico. Existem inúmeros detalhes que influenciam numa expedição e que somente com a experiência conseguimos realizar um bom planejamento que nos ajudará no sucesso de uma escalada. Dentre estes detalhes, escolher o calçado ideal para sua escalada poderá ser fundamental para sua expedição. Parece exagero, mas imagine a seguinte situação:

Por Pedro Hauck

Numa aproximação, você andou uns 30 quilômetros, percorrendo morainas, e trilhas com o chão pedregoso. Depois de tudo isso, quando você já chegou na base da montanha e só lhe resta escalá-la. Sua bota desconfortável transformou seu pé numa bolha só. Depois de tanto esforço e sofrimento não lhe resta alternativa senão esperar seu pé melhorar, te fazendo perder um tempo precioso.

Ou então: Sua bota não é a mais adequada para alta montanha. Depois de uma certa altitude, nenhuma meia consegue manter aquecido seu pé.

Ou de repente: Você está fazendo uma trilha em uma serra úmida como a Mantiqueira ou a do Mar, logo no começo você pisou numa poça de lama, sua bota não é impermeábel e molhou todo seu pé. Depois de algum tempo, seu pé fica cheio de bolha, a bota começa a "comer" a meia e a noite você passa uma friaca por causa de meio e bota molhada.

Ou até mesmo: Sua bota é uma porcaria e descolou a sola durante uma caminhada.

O que fazer? A melhor coisa é prevenir!

Nas lojas de escalada, ou em lojas de sapato em geral existem inúmeros calçados que são feitos para o montanhismo ou se adaptam à esta atividade. Em geral, as pessoas preferem botas de cano alto, pois acreditam que o equipamento robusto irá proteger melhor seus pés, porém não é isso o que acontece na maioria das vezes, vejamos por que?

Bota militar: Este é o tipo de calçado mais usado para qualquer atividade ao ar livre no Brasil. Geralmente equipamentos militares são sinônimos de boa qualidade para leigos, o que é uma grande ilusão. A maioria dos equipamentos militares tradicionais são péssimos para o montanhismo. As botas militares são feitas de couro, que é um material pesado e duro, se ainda não for amaciado e ainda não permite que seu pé respire, resultado: bolhas. Para piorar, o couro quando molha absorve água, ficando ainda mais pesado e molhando ainda mais seu pé, acabando com ele. Este tipo de bota é completamente irrecomendável para qualquer atividade na montanha.

Botas de cano alto: Existem no mercado inúmeras botas de cano alto feitas especialmente para o montanhismo. Muitas marcas famosas fabricam estas botas com os melhores materiais do mercado, como o GoreTex®, etc , que permite que seu pé respire ao mesmo tempo em que é semi-impermeável de fora para dentro. Usei uma bota deste tipo feita por uma marca importada em duas expedições. Antigamente estas botas costumavam ser muito robustas e isso influenciava no conforto.

Hoje em dia estas botas conseguem proporcionar conforto e proteção ao pé, principalmente contra torções, o que pode ocorrer em trilhas, sendo estas as vantagens deste tipo de botas. A desvantagem é que elas são maiores e mais pesadas. Os melhores fabricantes mundiais são La Sportiva, Boreal, Salomon, Asolo e Scarpa, mas nem todas estão no mercado nacional.As melhores marcas brasileiras são Snake e Vento. Com nossa experiência de anos de escaladas, separamos os melhores modelos de botas e temos elas disponíveis na Loja AltaMontanha.

É preciso tomar cuidado, pois existem fabricantes que fazem botas "estilo montanha", vendem caro, mas na verdade são produtos para andar no shopping. Antes de comprar, consulte um especialista.

Botas de cano baixo: As boas marcas de calçados de aventura fabricam boas botas de cano baixo. Em geral, elas são semelhantes à um tênis comum, mas com um visual mais aventureiro. Estas botas são menos resistentes que as de cano alto mais robustas, mas agüentam mais que os tênis convencionais. A grande vantagem deste tipo de calçado é o conforto e peso. Usei diversos modelos deste tipo de botas em minhas experiências nos Andes e no Brasil ao longo dos anos.

Na primeira vez, quando minha bota estava nova, tive algumas bolhas nos pés, mas na segunda foi uma beleza, pena que ela não resistiu mais e desceu da montanha indo direto para o lixo. O terreno pedregoso da montanha é novamente o vilão dos calçados. Obviamente há marcas que oferecem um produto de melhor qualidade, já vi uma bota desta da La Sportiva que é a evolução dos calçados. Estes tenis são chamados de "Approach shoes" e tem desenho tão apropriado para o montanhismo que dá para escalar vias fáceis com eles.

Tomem cuidado com as marcas de tênis mais comuns, que fazem calçados com um visual aventureiro, mas que destina o uso deles para a cidade. Outro ponto negativo é que essas botas não vão proteger seu pé como uma mais robusta protege, e então você ficará mais propenso a ter uma torção ou então em lugares mais úmidos a ficar com o pé molhado, o que é péssimo! Uma dica que dou para quem gosta desse tipo de calçado é escolher um que use os materias mais modernos que proporcionem resistência e conforto, como Cordura, Goretex, etc... Assim como um solado bom.

Tênis de corrida de Aventura: São quase um tênis de corrida, aliás, estes tênis são versões "outdoor" de tênis de corrida. Não recomendo que utilizem um destes para encarar uma trilha de lama, com chuva em montanha. Eles foram feitos para correr em trilhas bem consolidadas com a finalidade mais atlética do que montanhística. Serve também para você ir na balada de sábado à noite, pois são muito bonitos. São os tenis para competições trail runnig que tem a vantagem de ser muito leves.

Tênis comum: Estes tipos de tênis são muito abrangentes, e por isso eles podem ser tanto os piores calçados para o montanhismo quanto uma boa alternativa para se economizar um din-din (uma vez que os calçados mais especializados são muito caros) e ainda assim se dar bem na montanha (se bem que é mais provável que ocorra o contrário!). Saber escolher um tênis comum para usar na montanha é difícil e isso é uma coisa de cada um, e depende onde você for usar, pois geralmente só você para avaliar se aquele seu tênis serve ou não serve para pegar uma trilha casca dura, com água ou seca. Cabe também cada um ter o bom senso de escolher algo descente que não vai prejudicar seu pé, ou soltar a sola no meio do caminho. Sabendo escolher e depois testar, é possível fazer uma aproximação em moraina etc... sem maiores problemas mas, NUNCA ENFRENTE GELO E GRANDE ALTITUDE COM UM CALÇADO DESTES.

Papetes: As papetes são os calçados chulezentos mais esquema que inventaram. A vantagem das papetes é que elas são pequenas leves e confortáveis. Numa montanha ela pode ser interessante você fazer a aproximação com ela e escalar com uma bota dupla. Assim, a papete não te incomoda quando você tiver que carregá-la na mochila. Mesmo que você não goste da idéia de fazer uma trilha com uma papete, é sempre bom ter uma para os dias de acampamento, quando você está dentro da barraca e precisa sair não é preciso vestir uma bota. Eu uso até mesmo em acampamentos avançados. A desvantagem é que em uma papete aberta entram muitas pedrinhas. Porém existem modelos que são fechados na frente e que isso não acontece.

O frio sim pode ser um fator determinante para a papete, principalmente se o lugar for molhado, o que limita seu uso às baixas altitudes. No entanto, o Maximo Kausch chegou no cume do Mont Blanc em 2003 usando uma, o que não é muito recomendável, mas é uma possibilidade para os irresponsáveis. A papete pode ser uma boa opção estratégica e econômica para sua aproximação na montanha. Porém, se você não é um adepto à papetização da escalada como o Maximo, é preciso saber também qual bota dupla escolher.

Botas Duplas: são aquelas botas rígidas e robustas utilizadas em alta montanha. Um bota dupla precisa ser impermeável e isolar seu pé do frio, ao mesmo tempo em que ela tem que respirar para que seu suor não encharque seu pé. Existem três tipos de botas duplas:

Botas semi-rígidas: São botas mais leves e desenhadas para altitudes alpinas. Sua vantagem, além do peso, é que elas podem ser usadas também na aproximação, embora eu não recomende. Sua desvantagem é que em locais mais frios, com altitudes maiores, elas podem deixar seu pé congelar. O Maximo tem uma Nepal Top Extreme da La Sportiva e ele teve problemas de congelamentos no Aconcagua em 2002. Hoje ele ainda usa esta bota, mas com uma polaina especial de neoprene. A Super Latok da Boreal, a Super Mountain Guide da Salomon são outros exemplos de botas semi-rígidas, boas para baixas altitudes.

Botas Rígidas: São botas bastante robustas e seguras para os Andes. Elas são especialmente um grande problema para serem carregadas na aproximação, porém é um mal necessário. Os modelos mais comuns destas botas são as de plásticas, que tem grande resistência e durabilidade. A Bota Inverno da Scarpa é tão resistente, que é a bota escolhida pelas empresas de Mendoza para servirem de aluguel no Aconcagua. Há também as botas rígidas não plásticas, como a La Sportiva Spantik e Baruntse, que são mais confortáveis, mas menos resistentes que as plásticas.

Botas “Overboot”: São as botas polainas, muito boas, porém enormes e pesadas. Desenhadas para escaladas no Himalaia ou em locais muito frios, como no Alaska. Já vi gringos usando uma “The Everest” da One Foot nos Andes, mas é exagero, porém se alguém deseja escalar um oito mil, acho que este modelo vai muito bem. Outros modelos famosos é a Everest GTX da Millet, a Phanton 8000 e a Phanton 6000 da Scarpa.

Os calçados na montanha, seja na aproximação quanto na escalada, são muito importantes, mas as opiniões divergem muito sobre qual seria o mais adequado em cada situação.

Fique atento ao material do seu calçado, o que involve os couros e tecidos, assim como também os solados. Sem entrar em questões de preferências, a regra geral para não ter problemas com seu calçado é esta, se ele está te incomodando, experimente um outro tipo. Só não vá usar botas do exército, pelamor!...

... e não esqueça do talco de chulé!


:: Confira a seleção de calçados para trilhas e montanhas que o AltaMontanha.com separou para você




Publicidade:


Publicidade

Publicidade