Conhece a Estrada da Anhaia? - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Rota alternativa

Conhece a Estrada da Anhaia?


Categoria: Lugares

Trajeto faz parte dos caminhos históricos da Serra do Mar Paranaense, ao lado dos tradicionais caminho da Graciosa e do Itupava. A descida é íngreme e suas belezas naturais atraem desde caminhantes a ciclistas.

A Estrada da Anhaia é um dos três caminhos históricos das tropas no Paraná. Ao lado de rotas mais conhecidas, como a Estrada da Graciosa e o Caminho do Itupava, esta era uma das opções que ligava o litoral do estado, partindo de Morretes, à região de Curitiba.

Com as estradas, em particular a BR-277, a Anhaia (também conhecida como Nhanha) passou a ser um reduto turístico que atrai principalmente ciclistas. Eles aproveitam o trajeto íngreme de descida para fazer rotas. Belezas naturais como o Salto da Fortuna (queda d´água de 40 metros), o Parque Estadual do Pau Oco, e alambiques históricos também são atrativos da Nhanha.

Alternativa

A Anhaia é o que restou do Caminho do Arraial, primeira ligação entre o litoral e o planalto, estabelecida no final do século XVI. Enquanto o Itupava era utilizado para cargas mais leves, devido à inclinação da serra, a Graciosa recebia os viajantes de cargas pesadas. Para fugir do movimento, caçadores do litoral utilizavam a Anhaia como alternativa para carregar caças de grande porte, como antas e veados.

O nome Anhaia vem de um distrito do município de Morretes, onde a descida da serra termina e havia uma capela utilizada pelos tropeiros e caçadores para a oração antes da subida. Tanto a capela quanto alguns alambiques antigos ainda são encontrados na região.

Como chegar

A descida da Anhaia começa na altura do km 41 da BR-277, em São José dos Pinhais, pouco após o Viaduto dos Padres. Ao contrário do Itupava e da Graciosa, esta rota não recebeu pavimentação, mas permite que a descida seja feita de carro. No entanto, a bicicleta é a principal opção daqueles que desejam aproveitar a natureza.

Ciclismo

A estrada do Anhaia é a preferida dos ciclistas para a prática do chamado “Downhill”. A descida de 3,5 km é feita entre 10 e 15 minutos, e desce aproximadamente 700 metros da Serra do Mar. “A descida é muito forte, então para quem gosta de um desafio é fantástica”, conta o engenheiro Laércio Kazmierczak, de 44 anos.

Laércio percorre a estrada frequentemente na companhia de outros ciclistas. Ele diz que o caminho é ótimo para treinamentos, e ressalta o fato de ela ter menos movimento que outras descidas históricas da região. “O Caminho do Itupava é mais voltado para o Trekking , a caminhada. Já na Estrada da Graciosa você desce pedalando, mas tem um problema sério que nunca consegue pegar ela sem carros”, contou ao G1.

Pelas características destacadas, a trilha não é indicada para iniciantes. Laércio recomenda cautela no trecho para aqueles que não estão familiarizados com a descida. “Tem muita curva fechada. Se o cara não tiver muita técnica pode passar reto em uma curva e catar mato lá”, disse.

Fonte
G1.com.br

Fotos
José Paulo Fagnani




Publicidade:


Publicidade

Publicidade