De olho no Everest, brasileiro faz cume no Denali - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Em busca de um sonho

De olho no Everest, brasileiro faz cume no Denali

O brasileiro Manoel Morgado chegou ao topo do Denali, no Alaska, no último dia 9 de junho. Lá teve a companhia de sua esposa Andrea Carmona, que assim tornou-se a primeira mulher da Guatemala a chegar ao topo daquela montanha.

Fonte:

No último dia 9 fizeram cume no Denali (6.194m) o brasileiro Manoel Morgado e sua esposa, a guatemalteca Andrea Cardona, “num dia de sol, céu azul, muito frio e vistas esplendorosas”. Foi o ápice de uma “viagem incrível, maravilhosa, difícil como poucas, muito frio, muito esforço físico, mas muito aprendizado e muita beleza”. Andrea tornou-se, assim, a primeira mulher da Guatemala a atingir o ponto dominante da América do Norte.

A aventura é apenas a primeira etapa de um ano muito movimentado para o casal. No segundo semestre irão para a China, escalar o Cho Oyu (8.188m), e para 2010 fica a cereja do bolo, a conquista do Everest (8.850m).

O DENALI

O Denali, também conhecido como McKinley, fica localizado no Alasca, Estados Unidos, próximo da pequena localidade de Talkeetna. É a montanha mais alta da América do Norte, com 6.187 metros de altitude.

A dúvida com relação ao nome é devido a herança indígena na região. Estes chamavam originalmente a montanha por Denali. Mas tarde, foi renomeado pelos americanos de McKinley.

Esta montanha faz parte do grupo dos sete cumes, e a sua ascensão é bem complicada, devido ao fator latitude. Por estar bem ao norte, distante da linha do equador, seus dias e noites são bem mais frios do que em montanhas mais altas, como o Monte Everest por exemplo.

O PROJETO É O EVEREST

O alpinista Manoel Morgado possui, para o segundo semestre de 2009 e início de 2010, sonhos ousados para a região do Himalaia, e está buscando patrocinadores para suas expedições ao Cho Oyu e ao Everest.

Morgado confidenciou em seu site:

"Me sinto extremamente forte fisicamente. Através dos anos desenvolvi um dos mais difíceis aprendizados da montanha que é conhecer as reações de meu corpo em altitude. Também hoje tenho muito mais desenvolvida a paciência que é necessária para aguentar os longos dias dentro de uma pequena barraca em caso de mau tempo. Não posso pensar em melhor coisa para me dar como presente para o meu aniversario de 53 anos. Escalar um 8.000!"

:: Para saber mais sobre Manoel Morgado

Com infomações de Rodrigo Granzotto Peron

Publicidade:


Publicidade

Publicidade