O Tren a las Nubes voltará a funcionar - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Turismo nos Andes

O Tren a las Nubes voltará a funcionar

Famoso trem que ligava Santa na Argentina até Antofagasta no Chile será reativado ao turismo antes da semana Santa.

Fonte: Redação

O chamado Tren a Las Nubes é um dos ramais de trem mais altos do mundo, atravessando os Andes de Salta até Antofagasta. Esta famosa ferrovia foi construída na década de 1950 sobretudo para exportar minérios da Argentina até o porto no Pacífico no Chile. A ferrovia foi sucateada e abandonada durante o período de governos neoliberais na América do Sul, que na Argentina foi levado a cabo pelo presidente Menem na década de 1990. Agora ela será reaberta ao turismo.

O trecho a ser liberado até a semana Santa será o da capital (Salta) até o viaduto La Polvorilla, impressionante ponte metálica localizada cerca de 15 km depois da cidade de San Antonio de los Cobres, numa altitude de quase 4 mil metros.

A ferrovia em sua total extensão, no entanto, passa por paisagens ainda mais pitorescas e belas, sobrepassando muitas vezes os 4500 metros. O local onde está a fronteira entre Argentina e Chile, a estação de Socompa, fica entre dois vulcões. O trem ainda cruza salares e planaltos desérticos de natureza quase selvagem. Em sua total extensão, a linha férrea atravessa 29 pontes, 21 túneis, 13 viadutos e duas regiões de zig zags.

Do caminho é possível avistar grandes montanhas, como o Nevado Chañi, Nevado Acay, Vulcão Tuzgle, Cerro Macón, Nevado Cachi, Cerro Quemado, Vulcão Llullaillaco, Vulcão Aracar, Vulcão Pular e muitos outros.
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade