Avião de time de futebol chileno é encontrado depois de 53 anos no Andes - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Acidente aéreo

Avião de time de futebol chileno é encontrado depois de 53 anos no Andes

Jogadores do Green Cross morreram em acidente ocorrido na Cordilheira dos Andes em 1961. Destroços da aeronave e ossadas foram achadas por grupo de andinistas

Fonte: Gazeta do Povo e La Segunda

O avião que transportava parte do time de futebol chileno do Green Cross e que caiu em abril de 1961, na Cordilheira dos Andes, foi encontrado por um grupo de andinistas. No acidente, morreram 24 pessoas, sendo oito jogadores. Ainda faleceram o técnico e o fisioterapeuta da equipe.

O Douglas DC-3 da companhia aérea LAN cumpria a rota entre Osorno e Santiago após o jogo contra o Provincial Osorno pela Copa do Chile, e se chocou contra as montanhas a cerca de 3.200 metros de altitude. O local, próximo à cidade de Linares, é diferente do qual se acreditava ter ocorrido o acidente há quase 54 anos.

“Grande parte da fuselagem está conservada, há muito material espalhado e, inclusive, restos ósseos”, descreveu um dos alpinistas, Leandro Albornoz, ao jornal chileno La Segunda.

A localização não foi divulgada para evitar que se “profane o local”. Além disso, a região onde estão os destroços é de difícil acesso, com vários penhascos, gelo, rios e lagos.

A delegação do Green Cross, na noite do desastre, dividiu-se em duas. A maioria não quis ir no primeiro voo porque faria várias escalas antes de chegar a Santiago. Entretanto, quem decidiu viajar no voo seguinte acabou embarcando no avião que se acidentou.

Fundado em 1916, time sobreviveu à tragédia, mas desapareceu em 1965, quando se fundiu ao Temuco, formando o Green Cross-Temuco, que atualmente joga a segunda divisão chilena.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade