Javier Callupan, guia do GenteDeMontanha, falece no Denali - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Amigo de muitos brasileiros

Javier Callupan, guia do GenteDeMontanha, falece no Denali

Guia de montanha argentino era um grande conhecido de brasileiros, pois trabalhava com Maximo Kausch na empresa GenteDeMontanha. Ele estava escalando sozinho o Denali, montanha mais alta do Alaska.

Fonte: Redação

O guia argentino Javier Heraldo Callupan (39 anos) foi encontrado morto no Denali, montanha de 6168 metros de altitude que é a mais alta do Alaska e que faz parte do circuito dos 7 cumes junto com Everest, Aconcágua, Elbrus, Kilimanjaro e Carstenz.
 
Javier começou sua escalada solitária no Denali no dia primeiro de maio, pela rota West Buttress, mas somente no dia 6 começou a ascender para o acampamento alto, de 5200 metros. Seu corpo foi achado no dia 10 no acampamento alto da montanha sob a neve e sem nenhum indicio de trauma. Não havia ninguém por lá quando ele faleceu e por isso ninguém sabe as causas exatas. Por conta de ele não ter nenhum documento em seus pertences na montanha, demorou muitos dias até que descobrissem sua identidade.
 
Amigo de muitos brasileiros
 
Javi, como chamado pelos amigos, era bastante conhecido por brasileiros, pois guiava montanhas junto com Maximo Kausch pela agencia GenteDeMontanha. Ele levou diversos brasileiros ao cume do Mercedário, Vicuñas e Ojos del Salado, todas acima de 6 mil metros.
 
Callupan vivia na província de Rio Negro, no sul da Argentina, era dono de uma loja de equipamentos de montanhismo e também de uma agência que era que detinha o recorde de ascensões ao Domuyo, montanha mais alta da Patagônia.
 
Seu começo no montanhismo se deu no exército argentino há mais de 20 anos e por isso ele adquiriu uma grande disciplina. Era um guia pró ativo, muito experiente e bastante carismático. Dirigia sua picape 4x4, que ele chamava de “Pantera” com grande destreza e era muito admirado por seus companheiros de profissão.
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade