Prefeito de Saint Gervais gera polêmica ao impôr a necessidade de equipamentos mínimos para escalar o Mont Blanc - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Trail running

Prefeito de Saint Gervais gera polêmica ao impôr a necessidade de equipamentos mínimos para escalar o Mont Blanc

No último verão houve diversos acidentes no Mont Blanc, muitos deles fatais. Em comum em todos os casos: As vítimas estavam mal equipadas.

Fonte: Redação, Barrabés, Cissa Carvalho e Desnivel

Tendo como base este fato, o prefeito da cidade francesa Saint Gervais , que dá acesso à montanha, Jean-Marc Peillex, decretou uma lei obrigando que as pessoas tenham equipamentos mínimos para escalar o Mont Blanc, como botas rígidas, calça, anorak, roupas de frio, luvas, crampons, cadeirinha, corda etc. 
 
Aviso da prefeitura de Saint Gervais sobre a obrigação de ter equipamentos mínimos para escalar o Mont Blanc - Fonte: Divulgação
 
Tal proibição irritou os praticantes de trail running, em voga no mundo todo, que criticaram o prefeito da pequena cidade alpina, por ser arbitrário e não respeitar as liberdades individuais. No entanto, o prefeito da cidade tem suas motivações. Na temporada de 2017 que está terminando nos Alpes, houve um número crescente de pessoas que tentaram fazer cume no Mont Blanc de tênis de corrida, calça de compressão e camiseta dry, o que é completamente inadequado para a montanha mais alta dos Alpes de 4810 metros de altitude.
 
Peillex atribui o crescente número de pessoas escalando o Mont Blanc com equipamentos de running devido à popularidade do corredor catalão Kilian Jornet, famoso por ascensões relâmpago à montanhas, batendo recordes de velocidade em ascensões de picos nevados no mundo inteiro.
 
Kilian é adepto do estilo leve e rápido, porém levando o conceito ao extremo e escalando de tênis de corrida, montanhas que deveriam ser feitas com botas robustas. Ele é um destaque mundial e chegar em seu nível requer muito treino, talento e dedicação. É claro que ele incentiva muito gente que copia seu estilo, porém sem sua capacidade. O prefeito de Saint Gervais enfatizou: “O cume do Mont Blanc não é para trail runners”!
 
 O chefe do grupo de resgate de alta montanha da região de Chamonix, colocou lenha na fogueira ao relacionar Kilian Jornet com as mortes de praticantes da atividade nos Alpes, dizendo que “não aguentava mais resgatar trail runners  no Mont Blanc”, chamando isso de “efeito Kilian Jornet”.
 
Kilian Jornet, por sua vez, provocou as autoridades francesas ao publicar uma foto nú no cume do Mont Blanc, perguntando se pelo lado italiano da montanha era permitido escalar somente de tênis, short e camiseta. 
 
A provocação de Jornet desagradou não somente as autoridades francesas, como muitos praticantes do alpinismo, que acharam um mau exemplo e um desrespeito à montanha. De fato o Mont Blanc não é das montanhas mais difíceis do mundo, porém o clima alpino é muito extremo, com mudanças bruscas de temperatura, nevascas e fenômenos perigosos, como o white out. 
 
Enquanto a polêmica esquenta na internet, mais mortes acontecem. Há dois dias um ucraniano de 42 anos, que não teve o nome divulgado, foi achado morto dentro de uma greta. Ele desapareceu enquanto tentava o cume do Mont Blanc de madrugada e no meio de uma tormenta que estava prevista no sistema de metereologia. Ele foi encontrando congelado vestindo roupas de trail running e tênis de corrida.
 
VEJA MAIS:
 
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade